• Alto Douro

    É a Região Vinícola Demarcada mais antiga do mundo. Banhada pelo rio Douro e com características ímpares, desde o clima, à natureza rochosa dos seus solos, às encostas ingremes e aos socalcos cobertos de vinha, transformam esta região numa paisagem de beleza exuberante. Foi elevada a património da Humanidade em 2001 pela UNESCO.

  • Amarante

    Edificada nas margens do Tâmega e ladeada pelas Serras do Marão e Aboboreira, ganhou notoriedade no séc. XII com S. Gonçalo, que aqui se fixou depois de peregrinar por Roma e Jerusalém. Na cidade sobressai a Ponte, o Mosteiro de S. Gonçalo e o centro histórico, que reúne um conjunto de belos monumentos.

  • Santa Maria da Feira

    Tem um dos mais belos e notáveis Castelos de Portugal. Palco de eventos culturais de referência, nomeadamente “A Viagem Medieval em Terra de Santa Maria”, o” Imaginarius” (festival internacional de teatro de rua) e a “Terra de Sonhos”, faz desta pequena cidade uma referência cultural para o País.

    A cerca de 10 min. da Casa da Cortinha.

  • Aveiro

    Uma das cidades mais interessantes do litoral português. As águas doces do rio Vouga misturam-se com as águas salgadas do mar, formando canais por onde deslizam os coloridos barcos moliceiros. Cidade conhecida pelas suas salinas e pelos “ovos-moles” ex-libris da gastronomia regional.

  • Guimarães

    “Cidade Berço” da nação, tem um dos mais emblemáticos Castelos do País. Centro administrativo do Condado Portucalense, foi transformado na 1ª capital do reino no seculo XII pelo 1º Rei de Portugal – D. Afonso Henriques. As ruas e monumentos respiram história e fazem recuar no tempo quem a visita.

  • Braga

    Tem como origem a cidade romana “Bracara Augusta”, cuja finalidade da sua fundação é de caracter religioso, de difusão cultural do império e também de funções administrativas. É uma das cidades cristãs mais antigas do mundo. Bom Jesus, Sameiro e o centro histórico, são os marcos de referência obrigatória numa visita turística a Braga.

  • Ponte de Lima

    A Ponte que lhe dá nome era a única passagem segura do rio Lima em toda a sua extensão, até aos finais da Idade Média. É referenciada em muitos roteiros antigos como passagem de milhares de peregrinos que rumavam a Santiago de Compostela. Vila caracterizada pela sua arquitectura medieval, solares senhoriais e pela área envolvente banhada pelo rio Lima.
    A cerca de 90 km da Casa da Cortinha.

  • Chaves

    É uma das mais emblemáticas cidades do Alto Tâmega, situada junto a uma das fronteiras a Norte com Espanha.
    É rica em património cultural de onde se destaca a Torre de Menagem do Castelo de Chaves, a Igreja Matriz de Santa Maria Maior e a Ponte Romana sobre o rio Tâmega.